quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Try To Remember - Ed Ames/2008


Hoje regressamos ao "Sr barítono", Ed Ames, para assistir à interpretação do primeiro êxito do artista (1965), Try To Remember da comédia musical da Broadway, The Fantasticks (1960). Esta apresentação ao vivo faz parte concerto ao vivo ocorrido a 4/Out./2008 em Beverly Hills. Espero que gostem.



Ed Ames revela paixão na interpretação e mestria no uso da voz (note-se o seu controlo perfeito ao cantar em legato), postura e respiração. Aos 81 anos mantém-se uma referência na música.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Relembrando posts antigos do blog: Good Morning! - Gene Kelly, Debbie Reynolds and Donald O'Connor
-------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Beethoven's 5th Symphony - Sir Neville Marriner


Hoje o convite é para assistir à interpretação do 4º movimento da 5ª Sinfonia de Beethoven em Dó menor (Op.67). Este vídeo faz parte da interpretação integral da Sinfonia, que ocorreu ao vivo no Auditorio de Zaragoza no passado dia 5 de Novembro de 2008 pela Orquestra de Cadaqués, dirigida pelo maestro Sir Neville Marriner e cujos primeiros dois movimentos foram postados aqui no blog na véspera de Natal (quem quiser recordar clique aqui).



Eu não incorporei no post o vídeo do 3º movimento, porque não está completo (quem quiser, apesar de tudo, assistir, o link está aqui).
Mantenho os comentários que fiz em 24 de Dezembro quando postei os dois primeiros movimentos desta interpretação, trata-se de um maestro que encontrou há muito o seu estilo, o seu "som" (agrada-me especialmente o som que Neville Marriner "extrai" dos violinos, ... ou não fosse ele um violinista de primeira classe com seis décadas de carreira).
Acho sinceramente que tanto Georges Prêtre como Neville Marriner, que devem ser os dois maestros mais velhos do mundo em actividade (ambos farão 85 anos este ano), estão a dar um exemplo de vida ao trabalharem com gosto, elevadíssima mestria fruto das largas décadas de experiência, continuando ambos a aceitar compromissos para o futuro coleccionando assim enormes sucessos no século XXI com as suas interpretações únicas e atraindo gerações mais novas para o universo da música clássica.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Relembrando posts antigos do blog: Claudio Abbado - Berliner Luft
-------------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

The Riddle - Nik Kershaw



Hoje volto às minhas recordações musicais dos tempos de adolescente e vou convidar-vos a assistir ao videoclip oficial da música The Riddle, de 1984/85, cantada por Nik Kershaw. Espero que gostem.



Esta música teve um grande sucesso devido à excelente voz do Nik Kershaw, pela melodia da canção e por um dos vídeos mais esquisitos que foram feitos até àquela data.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Relembrando posts antigos do blog: We Got It Goin' On - Bon Jovi/Rock in Rio 2008
-------------------------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Celeste Aida - Concerto di Capodanno/2009 La Fenice

Fonte: www.sommernachtskonzert.at

Continuando a apresentação dos vídeos disponíveis na Internet e que dizem respeito ao Concerto de Ano Novo (Concerto di Capodanno) do Teatro La Fenice em Veneza deste ano (1/Jan./2009) em que o maestro Georges Prêtre dirigiu o coro e orquestra do próprio teatro, vamos então assistir à interpretação da ária Celeste Aida, do início da 1ª cena do 1º Acto, da ópera Aida de Giuseppe Verdi (libretto), pelo tenor Massimiliano Pisapia. Espero que gostem.



Uma interpretação 5 estrelas tanto a nível instrumental como vocal. O Massimiliano Pisapia tem uma potência vocal simplesmente notável e nos fortes a sua voz é no mínimo peculiar (é daqueles artistas que se reconhecem de olhos fechados quando começa a cantar).
Quanto ao maestro não há nada que eu possa adiantar face ao que já disse em posts anteriores; Georges Prêtre adapta-se de forma magistral a todo o tipo de interpretações clássicas e faz soar cada peça que interpreta como se se tratasse de uma bela novidade.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Relembrando posts antigos do blog: Montserrat Caballé - Me Llaman La Primorosa
-------------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 17 de janeiro de 2009

We Built This City - Starship



Hoje regressamos ao registo rock para assistir ao vídeo da canção We Built This City (1985) dos Starship. Espero que gostem.



Esta música entra no blog para recordar os meus tempos de teenager. Qualquer pessoa que tenha vivido os anos 80 reconhece imediatamente esta música devido ao sucesso estrondoso que a mesma teve na altura.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

It's a Blue World - Tony Martin


Hoje tenho para vos apresentar uma pérola musical de um passado já distante, que é a canção It's a Blue World que foi interpretada por Tony Martin no filme Music in My Heart onde também participou como actor do enredo. Espero que gostem.



Tony Martin, aqui com 27/28 anos, era dotado de uma voz prodigiosa, tinha uma enorme amplitude vocal e cantava em legato com uma facilidade incrível. Ainda hoje, nos pouquíssimos concertos que tem dado apesar da sua idade recorde (96 anos) mantém alguns sinais desse brilho vocal que tantas mulheres seduzira ao longo da sua carreira que já conta cerca de oito décadas.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Relembrando posts antigos do blog: Alcobaça - Maria de Lourdes Resende
-------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Guillaume Tell - Ouverture - Concerto di Capodanno/2009

Fonte: www.sommernachtskonzert.at

Hoje o convite é para assistirmos à abertura da ópera Guillaume Tell de Gioachino Rossini (link para a ópera aqui e para a abertura da ópera aqui), que foi a peça interpretada na abertura do Concerto di Capodanno que ocorreu no Teatro La Fenice (Veneza) no dia 1/1/2009 , com o Coro e Orquestra do Teatro La Fenice, ambos dirigidos pelo maestro Georges Prêtre. Espero que gostem.



Esta interpretação foi a meu ver uma obra prima. A ligação entre as quatro partes está perfeita, sendo as emoções de cada uma delas transmitidas plenamente. O solo de violoncelo está soberbamente tocado, a tempestade é simplesmente um momento musical de excelência e a interpretação da parte final é majestosa. Georges Prêtre é um mestre em crescendos, pianíssimos e fortes instrumentais.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Relembrando posts antigos do blog: Frank Sinatra - I´ve Got You Under My Skin
-------------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Tenderly - Nat King Cole


Este é o ano de comemoração do 90º aniversário do nascimento de Nat King Cole e hoje lembrei-me de vos apresentar um vídeo com uma interpretação da canção Tenderly, acompanhado pelo Oscar Peterson Trio (link para Oscar Peterson, onde se faz referência ao trio criado pelo pianista na década de 50). Esta interpretação parece ser do Nat King Cole Show algures na década de 50, mas não tenho provas para confirmar isto.



Um momento de jazz com instrumentistas de primeira classe enriquecido pela voz calma e presença do mestre Nat King Cole.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Recordando posts antigos do blog: Kokomo - Beach Boys
-------------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Neujahrskonzert 2010 - Georges Prêtre


Acabei de receber esta notícia fantástica e passo a transcrevê-la do site da Orquestra Filarmónica de Viena:

"The Vienna Philharmonic New Year's Concert 2010 will be conducted for the second time by the French conductor Georges Prêtre. Philharmonic Chairman Clemens Hellsberg stated that the decision was made "in recognition of our many years of collaboration and Prêtre's extensive experience with this genre." The success of Prêtre's debut at the New Year's Concert 2008 "was for both conductor and orchestra very gratifying."

Georges Prêtre has been honored several times for his artistic achievements in his home country and also in Austria. In 2004 he was named a Commander of the French Foreign Legion and in the same year was awarded the Austrian Honorary Cross for Science and the Arts, 1st Class.

Since 1987 the conductors of the New Year's Concert have alternated yearly. Herbert von Karajan conducted in 1987, followed by Claudio Abbado (1988 and 1991), Carlos Kleiber (1989 and 1992), Zubin Mehta (1990, 1995, 1998, 2007), Riccardo Muti (1993, 1997, 2000, 2004), Lorin Maazel (1994, 1996, 1999, 2005), Seiji Ozawa (2002), Nikolaus Harnoncourt (2001, 2003), Mariss Jansons (2006), Georges Prêtre (2008) and Daniel Barenboim (2009). In 2010 Prêtre returns to the podium of the New Year's Concert for the second time."

Só espero que Deus continue a dar saúde ao grande maestro para ele nos presentear aos 85 anos com uma nova obra prima (prometo-vos continuar a apresentar as suas interpretações do Concerto de ano Novo em Veneza), tal como foi o Concerto de 2008.

E só porque cada post deste blog relaciona-se com apresentações musicais, sugiro por exemplo que relembrem esta do maestro genial.



terça-feira, 6 de janeiro de 2009

The Impossible Dream - Ed Ames



Voltando à música ligeira, no vídeo vamos poder assistir à interpretação da canção The Impossible Dream da peça musical Man of La Mancha por Ed Ames. Esta apresentação ao vivo é parte integrante de um concerto ao vivo do artista que ocorreu a 4/Out./2008 em Beverly Hills. Espero que gostem.




Aos 81 anos ele revela uma técnica vocal e expressividade na interpretação que não são normais num estágio etário tão elevado. Trata-se de um dos melhores barítonos de sempre fora do universo da música clássica (ainda hoje mantém o seu fantástico legato e a sua potência vocal literalmente brutal). É um cavalheiro que continua a brindar-nos com o seu enorme talento e eu tenho pena perante artistas como Ed Ames de só ter nascido em 1972 e tê-lo conhecido já na parte final da sua carreira artística.

sábado, 3 de janeiro de 2009

Libiamo ne' lieti calici - Concerto di Capodanno 2009/La Fenice



Com os desejos de um bom ano para todos arrancamos 2009 aqui no blog com a interpretação da ária Brindisi, da 2ª cena do 1º Acto da ópera La Traviata de Giuseppe Verdi, pela soprano Mariella Devia e o tenor Massimiliano Pisapia. Esta apresentação ao vivo foi a última peça musical interpretada no Concerto de Ano Novo que ocorreu no Teatro La Fenice (Veneza) na 5ª Feira passada (1/1/2009), com o Coro e Orquestra do Teatro La Fenice, ambos dirigidos pelo maestro Georges Prêtre. Espero que gostem.

Link para o vídeo aqui.

Eu só posto vídeos que não podem ser incorporados nos blogues (sem o chamado embed code) em casos muito excepcionais e este é um dos casos. Georges Prêtre aos 84 anos brindou-nos com uma interpretação genial desta ária, que para mim passou a ser a melhor que tenho neste blog (as modulações vocais do coro estão fabulosas, embora o som do youtube não nos permita ter a plena percepção do trabalho coral e instrumental do maestro). Ele foi acompanhado por um tenor ainda principiante, com uma voz que me agradou de sobremaneira (a potência da sua voz é notável no final) e por uma soprano já veterana, com uma voz muito expressiva.

Quem quiser ver o mestre a dirigir aquele que eu suponho ser o ensaio final deste concerto (pois data de 29 de Dezembro) assista então ao vídeo seguinte (que só peca por ter uma imagem fraca) com 8 minutos desse ensaio: